Não categorizadoTurismo

COP 28: “O turismo é um agente transformador para o crescimento, inclusão e equidade”, afirma Secretária Executiva do MTur

COP 28: “O turismo é agente transformador para o crescimento, inclusão e equidade”, afirma Secretária Executiva do MTur
Ministério promoveu debate sobre governança responsável e turismo sustentável em painel que reuniu governadores, parlamentares e representantes da sociedade civil. Foto: Ejaz Hussain – Dubai

O segundo dia da agenda da comitiva do Ministério do Turismo na COP 28, que acontece em Dubai, nos Emirados Árabes, foi marcado por um amplo debate sobre governança responsável e turismo sustentável. O painel promovido pelo MTur, aconteceu no Pavilhão Brasil e reuniu os governadores do Amazonas, Wilson Lima e de Rondônia, Marcos Rocha, parlamentares, representantes da sociedade civil e de empresas privadas.

Durante a sua fala, a Secretária Executiva do MTur, Ana Carla Lopes, defendeu que o turismo é um agente transformador para o crescimento, inclusão e equidade, mas que é preciso estabelecer parcerias sólidas entre governos, empresas, organizações da sociedade civil e comunidades locais.

“Precisamos ter uma governança responsável para construir um setor que não apenas prospera economicamente, mas também promove a sustentabilidade ambiental e o desenvolvimento social”, afirmou Ana Carla Lopes.

A preservação ambiental e o combate às mudanças climáticas tem sido tema de debate entre os chefes de Estado de todo o mundo. Ana Carla Lopes reforça que a COP 28 é uma oportunidade para o mundo repensar e redefinir a forma como o turismo é concebido, operado e experimentado.

“Iniciarmos essa discussão aqui na COP-28 já com a incumbência de receber a COP-30 daqui dois anos em Belém (PA), além de ser fonte de mais inspiração ainda, nos traz mais responsabilidade”, finalizou Ana Carla Lopes.

O ecoturismo é a 2ª maior motivação da visita de estrangeiros no Brasil (16,3%), ficando atrás somente do segmento de sol e praia (71,7%).

“Como representante da Amazônia Brasileira vejo cotidianamente as mudanças positivas que a atividade turística, feita de maneira responsável e sustentável, pode gerar em uma comunidade”, finalizou a Secretária Executiva.

G20 – Desde 1º de dezembro, o Brasil assumiu, por um ano, o comando do G20, que reúne as maiores economias mundiais para cooperação internacional. É a 1ª vez que o Brasil se consolida em uma posição neste formato.

Por Paula Rosa

Assessoria de Comunicação

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo