Não categorizado

Teresópolis inclui no calendário oficial municipal o Dia do Montanhismo

Capital Nacional do Montanhismo, a cidade terá como data comemorativa dia 5 de agosto

Capital Nacional do Montanhismo, Teresópolis a partir de agora conta com o Dia do Montanhismo em seu calendário oficial, a ser comemorado no dia 5 de agosto, data em que se celebra também o montanhista. A Lei Municipal nº 4.378/2023 foi aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo Prefeito Vinicius Claussen.

“Somos a Capital Nacional do Montanhismo e agora teremos uma data para marcar o significado que esse título possui para nosso município. O objetivo é fortalecer, apoiar e incentivar o desenvolvimento do montanhismo em Teresópolis, assim como a nossa Casa do Montanhista, belo espaço que está sendo construído para homenagear os nossos montanhistas e receber os amantes dessa prática esportiva vindos de vários cantos do mundo”, enfatizou o Prefeito Vinicius Claussen.

De autoria do presidente da Câmara, vereador Leonardo Vasconcellos, a lei tem como meta disponibilizar muros/espaços públicos para oficinas e aprendizagem sobre o esporte. A promoção da data comemorativa poderá ser realizada em conjunto pela Prefeitura, Câmara Municipal, empresas privadas e órgãos e instituições do setor.

“Para Teresópolis, a Capital Nacional do Montanhismo, faz todo o sentido incluir esse dia no Calendário Oficial. Essa iniciativa vem ao encontro de todo trabalho que está sendo realizado pelo Turismo na gestão do Prefeito Vinícius Claussen, que tem nesta pasta um dos quatro pilares do desenvolvimento socioeconômico do município”, destacou a secretária de Turismo, Elizabeth Mazzi.

A secretária pontuou que além da particularidade de Teresópolis ser o único município no país com as três esferas de Parques Naturais: Nacional (Parnaso), Estadual (Três Picos) e Municipal (P. Natural M. Montanhas de Teresópolis), temos ainda mais 10 Unidades de Conservação (RPPNs e duas APAs) que formam um ambiente convidativo para montanhistas de todo o mundo, num cenário de rara beleza, diversos níveis de dificuldade para a prática do esporte, somado ao viés de preservação que a atividade turística promove para o uso consciente desse patrimônio natural.

Elizabeth Mazzi frisou ainda que a Secretaria Municipal de Turismo tem a Montanha como principal eixo de trabalho, que vai além da possibilidade da atividade esportiva, direciona o tipo de agricultura, gastronomia, hospedagem e eventos que são realizados. A secretária lembra que mesmo na área urbana, a beleza inspiradora, a própria altitude são convites para apreciar e usufruir do clima da Serra.

“Estamos, há dois anos, promovendo a ATM – Abertura da Temporada de Montanhismo, na Praça Nilo Peçanha, onde, além de divulgação dos eventos que já acontecem nos parques, várias atividades também para crianças. A ‘cereja do bolo’ é a Casa do Montanhista que está nascendo — encontra-se em obras — numa antiga residência, em frente à entrada do Parque Nacional”, complementou Elizabeth.

Na Casa do Montanhista, além da exibição de acervo, será possível entender porque Teresópolis é detentora desse título e experimentar sensações dos praticantes do montanhismo; agendar atividades com guias, condutores de montanha; comprar equipamentos e roupas de montanhismo e curtir o ambiente em um Café que também receberá encontros e eventos desse nicho. O CET – Centro Excursionista Teresopolitano – terá sua sede dentro da propriedade, onde, além do espaço para as reuniões periódicas, poderá interagir na área das exposições no café e no jardim.

“O dia 05 de agosto é o Dia do Montanhista que celebramos, valorizando os grandes conquistadores teresopolitanos e agora, ganha ainda maior relevância com o Dia do Montanhismo dentro do nosso calendário”, concluiu a secretária.

Fotos: Bruno Nepomuceno
Créditos: Prefeitura de Teresópolis

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo