Não categorizadoTurismo

MTur repassa R$ 17,2 milhões para financiamentos pelo Fungetur em estados do Norte, Nordeste, Sudeste e Sul

Empreendimentos turísticos privados de quatro estados, das regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Sul do país, têm à disposição mais recursos destinados a financiamentos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur). Ao todo, foram disponibilizados R$ R$ 17,2 milhões que podem ser usados para melhorias na infraestrutura, como realização de obras, a aquisição de equipamentos ou ainda para obtenção de capital de giro.

Foram repassados R$ 6,3 milhões para a Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN); R$ 5 milhões para a Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (BADESC); R$ 4,3 milhões à Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio) e R$ 1,6 milhão à Agência de Fomento do Estado do Tocantins (Fomento TO).

Operado a partir de verbas alocadas pelo MTur, o Fundo Geral de Turismo permite acessar crédito de até R$ 15 milhões, com juros de até 9,06% ao ano e até 5 anos de carência.

O ministro do Turismo, Celso Sabino, ressalta que os financiamentos do Fungetur favorecem aprimoramentos em várias atividades do setor e a adequada recepção de visitantes. “O nosso objetivo é que empreendimentos como pousadas e restaurantes, especialmente micro e pequenos negócios, tenham as melhores condições possíveis para promover melhorias e, assim, contribuir com o desenvolvimento do setor. O Fungetur tem juros bem mais baixos que os de mercado, além de um prazo de carência extremamente vantajoso”, frisa o ministro.

Os interessados em acessar financiamentos do Fungetur, concedidos por um total de 24 instituições financeiras credenciadas ao MTur, devem estar inscritos no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos).

A lista de beneficiários do Fundo inclui meios de hospedagem, agências de turismo, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos turísticos, restaurantes, cafeterias, bares e similares.

BALANÇO – De janeiro a julho de 2023, o Ministério do Turismo registra a contratação de R$ 300,5 milhões em financiamentos do Fundo no país, com um total de 589 operações contratadas.

Desde 05 de julho deste ano, uma portaria do MTur facilitou o acesso ao Fungetur. O texto ampliou para até R$ 15 milhões o valor de operações destinadas à compra de bens de capital e de capital de giro e, também, o prazo de carência à aquisição de bens de capital, que passou de 12 para 30 meses.

ORIENTAÇÕES – A divulgação da disponibilidade do Fungetur é uma das ações do “MTur Itinerante”. Iniciado em julho pelo ministro Celso Sabino para descentralizar a atuação do órgão, o projeto leva a todo o país orientações sobre o apoio da Pasta ao setor.

A iniciativa tem estimulado a busca por financiamentos do Fundo. Durante reuniões com gestores públicos e privados do ramo, técnicos do órgão também expõem benefícios do Cadastur, como o acesso ao Fungetur, a participação em cursos de qualificação profissional e o apoio em eventos, além de alertar quanto à necessidade de se manter atualizado o cadastro no sistema do MTur.

Por André Martins

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo