Não categorizadoTurismo

Região turística da Costa Verde, no Rio de Janeiro, harmoniza serra e mar

Angra dos Reis (RJ. Crédito: Rogério Cassimiro/MTur Destinos

Prepare as malas e embarque com a Agência de Notícias do Turismo para conhecer mais uma das belezas raras que só o Brasil tem! Estamos falando da região Costa Verde, localizada no litoral sul do estado do Rio de Janeiro, um lugar que mistura paisagens recheadas de belezas naturais com a classe e o charme de cidades históricas. As cidades de Mangaratiba, Angra dos Reis, Ilha Grande (distrito de Angra dos Reis), Paraty, Itaguaí e Rio Claro fazem parte desse roteiro que harmoniza belezas da serra e do mar.

Os municípios reúnem um dos cenários mais bonitos e exóticos, onde a serra encontra o mar, formando uma composição única, e trazendo uma vista do horizonte que deixa o ambiente com cara de paraíso. E quando falamos “paraíso” é aquela ideia de paraíso mesmo, de um lugar que transmite a paz e a beleza natural digna de cena de filme, com águas cristalinas de diferentes tons de verde, diversidade de fauna e flora, e praias semidesertas (algumas delas só podem ser acessadas pelo mar).

De acordo com o governo do estado do Rio de Janeiro, a Costa Verde abrange mais de duas mil praias e uma infinidade de ilhas, sendo protegida pela Restinga de Marambaia e por imensos paredões recobertos pela Mata Atlântica.

Além da tranquilidade e da conexão que essa natureza oferece ao visitante, a região também é rica em história, pois foi marcada pelo período da colonização do Brasil, com a presença de navios franceses e ingleses. Portanto, quem visita a Costa Verde encontra estradas e caminhos “esquecidos” que foram utilizados pelos colonizadores para realizar a interiorização do país.

O Ministério do Turismo (MTur) sabe a importância dessa beleza como suporte ao turismo regional e nacional. Por isso, a ministra do Turismo, Daniela Carneiro, recebeu, no mês de janeiro, prefeitos de cidades que fazem parte da Costa Verde, como Angra dos Reis e Mangaratiba, com o objetivo de discutirem ações para fortalecer o turismo nessa região paradisíaca.

Já deu vontade de embarcar rumo a esse paraíso no Rio? Vem com a gente e conheça um pouco mais das cidades que compõem esse pedacinho do céu na terra:

ANGRA DOS REIS – “Se existe um paraíso, é bem perto daqui”, disse Américo Vespúcio ao adentrar a maravilhosa Angra dos Reis. São 365 ilhas – isso mesmo, você não leu errado – que compõem uma verdadeira diversidade natural de tirar o fôlego. A natureza se expande e proporciona passeios turísticos (que envolvem trilhas, barcos, visitas em cachoeiras), vários tipos de hospedagens, esportes radicais e práticas em meio à natureza, como rapel, mountain bike, rafting, pesca e mergulho. CLIQUE AQUI e saiba mais.

ILHA GRANDE – O local é um distrito de Angra dos Reis que apresenta um verdadeiro santuário ecológico. Trilhas, 106 praias, cachoeiras, montanhas e enseadas que pertencem ao Parque Estadual da Ilha Grande e Parque Estadual Marinho do Aventureiro formam o passeio do turista que decide visitar Ilha Grande. O distrito era habitado por índios tamoios e tupinambás, que abriram as trilhas utilizadas até hoje. Portanto, além de conhecer uma beleza praticamente intocada, o viajante vai se conectar com muita história desse santuário que é considerado pela UNESCO um Patrimônio Mundial da Humanidade. CLIQUE AQUI e saiba mais.

MANGARATIBA – São mais de 400 anos mesclando natureza, cultura e história. A cidade traz ao turista o que há de melhor em sofisticação, com resorts com bandeiras internacionais e cenários paradisíacos. A beleza natural e a rica história constituem o acervo turístico–cultural de Mangaratiba, que conta também com praias, serra, cachoeiras, prédios históricos, museus, gastronomia, e um povo receptivo que vai receber o turista com muita simpatia e acolhimento. CLIQUE AQUI e saiba mais.

PARATY – Uma das mais belas cidades do Brasil também faz parte da Costa Verde. Paraty possui um conjunto arquitetônico colonial preservado e mescla o azul do mar e o verde das matas, além de ser rica em arte, festividades e gastronomia. A cidade é considerada Patrimônio Mundial pela Unesco por conta da sua cultura e biodiversidade, possuindo um ritmo próprio, onde culturas tradicionais convivem com a arquitetura colonial e o conforto da modernidade, tudo isso em meio à exuberância da natureza. CLIQUE AQUI e saiba mais.

ITAGUAÍ – Portal de entrada da Costa Verde, a cidade esconde raras belezas naturais e algumas delas quase não foram exploradas. O município é formado por recantos e conta com uma região costeira rica em atrativos turísticos, possibilitando ao viajante conhecer a fauna e flora da Mata Atlântica. Ocupada pelos jesuítas no século 17, a região também carrega muito valor histórico. CLIQUE AQUI e saiba mais.

Créditos: Mtur

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo