Início » Posicionamento da Associação da Indústria Hoteleira do Estado do Rio de Janeiro sobre Bandeira Vermelha em Búzios

Posicionamento da Associação da Indústria Hoteleira do Estado do Rio de Janeiro sobre Bandeira Vermelha em Búzios

by admin

A hotelaria do estado do Rio de Janeiro foi surpreendida, na noite dessa quarta-feira (dia 16), com a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), regional de Armação de Búzios, quanto ao fechamento das atividades na referida cidade em função do aumento no número de novos casos de Covid-19.

Entendemos que, diante das dimensões desta pandemia, as autoridades estão fazendo a sua parte. Porém, é importante esclarecer que os meios de hospedagem seguem protocolos rigorosos de segurança na prevenção ao Covid-19. O setor de hotelaria foi um dos pioneiros na definição das regras de ouro focada na saúde da população, dos clientes de hospedagem e alimentação e dos colaboradores do setor que trabalha com responsabilidade e ações de prevenção.

Por fim, esperamos que tendo em vista o estrito cumprimento das normas sanitárias pelos estabelecimentos hoteleiros, seja permitido seu funcionamento, de maneira segura e sempre preservando não só os turistas mais também seus colaboradores.

A ABIH-RJ, encontra-se no momento tentando todas as formas judiciais e políticas de reverter determinada medida.

Nesse sentido, na data de hoje será protocolizado outra medida de segurança para a normalidade da situação DENTRO DOS PARÂMETROS LEGAIS E CUMPRINDO NORMAS DE SEGURANÇA E DE HIGIENE.

Sabemos que a decisão judicial impondo o LOCKDOWN, que foi motivado pelo não cumprimento do TAC (termo de ajustamento e conduta – acordo da prefeitura de Búzios x Defensoria Pública) influenciado com a alta da pandemia do COVID-19

A ABIH-RJ se coloca à disposição de todos os hoteleiros de Armação de Búzios para auxiliar no que for preciso e sanar dúvidas nesse momento difícil.

Esperamos que tal problema seja solucionado o quanto antes para todo o Trade turístico da região.

Obtivemos a informação que os leitos que são mencionados na referida decisão e que causou a quebra do TAC já estão a caminho de Búzios.

Desta forma a ABIH-RJ estará informando a imprensa, quando solicitada, que o nosso segmento jamais poderia ser tratado dessa maneira e que desorganização da política pública não pode influenciar em empreendimentos PRIVADOS LEGALIZADOS que cumprem e investem em PROTOCOLOS DE SEGURANÇA E HIGIENE.

Juntos somos mais fortes!

Atenciosamente

Paulo Michel
Presidente da ABIH-RJ

You may also like

Leave a Comment