Não categorizado

Paraty (RJ) receberá 10º encontro brasileiro das cidades históricas, turísticas e patrimônio mundial em Agosto

A cidade de Paraty, irá sediar entre os dia 1 e 4 de agosto o 10º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial. Serão abordados temas como patrimônio cultural, políticas públicas, financiamento e investimentos para cidades históricas, investimentos e economia criativa, e cultura para desenvolver o turismo sustentável. O evento é realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) e a Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM).

O evento tem por objetivo avançar nas discussões pelo desenvolvimento do turismo nos Municípios detentores desses sítios, debater a criação de um Marco Legal que possa beneficiar as cidades Patrimônio Mundial brasileiras, bem como discutir a Política Nacional de Gestão Turística do Patrimônio Mundial no Brasil. “Fortalecer o turismo com a promoção de ações sustentáveis nos Sítios do Patrimônio Mundial, Natural e Cultural no Brasil é valorizar ainda mais o Município e o seu cidadão. Em tempo de dificuldades com a queda na arrecadação, fomentar o turismo e os diversos segmentos associados tem sido um importante pilar para a recuperação do próprio setor e das finanças municipais. O turismo é uma bandeira permanente da CNM”, destaca o presidente Paulo Ziulkoski.

Além do caráter orientativo, técnico e institucional, será uma oportunidade para as lideranças municipais discutirem, trocarem experiências e conhecerem as alternativas e desafios para gestão do patrimônio, da cultura e do turismo com palestras que terão a participação de autoridades das três esferas da federação e especialistas. Nesse sentido, a presença de prefeitos, secretários municipais, vereadores e demais agentes municipais é essencial na construção de propostas que contribuam para o fortalecimento da capacidade local, do poder de cooperação e do grande potencial para a geração de riquezas, trabalho e renda nos Municípios.

“Paraty cultura e biodiversidade é o primeiro sítio misto do Brasil na lista do Patrimônio Mundial Reconhecido pela Unesco. É a Mata Atlântica preservada que rodeia as águas calmas da baía da Ilha Grande. É a cultura indígena, quilombola e caiçara que vive em harmonia com essa rica biodiversidade. É o registro arqueológico da ocupação humana neste território ao longo do tempo. É a cidade colonial que preserva suas relações históricas e a dinâmica urbana no centro de Paraty, no estado do Rio de Janeiro. Paraty cultura e biodiversidade é a coexistência da cultura viva e ancestral no ambiente natural exuberante”, destaca o prefeito Luciano Vidal.

O evento é promovido pela @portalcnm em parceria com a @ocbpmbr e a @prefeituradeparaty, com o apoio institucional do @govrj.

Créditos: Diario do Vale

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo