Não categorizadoTurismo

Jornada do Turismo Fluminense promove debate entre lideranças estaduais, municipais e iniciativa privada na Baixada Verde

Projeto inédito da secretaria de Estado de Turismo propõe a elaboração de um plano de ações continuadas para o desenvolvimento do turismo fluminense nos próximos anos. Evento contou com a participação de lideranças públicas municipais, estaduais e agentes do desenvolvimento turístico regional

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ) e a TurisRio realizaram, nesta terça-feira (25), a 7ª edição da Jornada do Turismo Fluminense na região turística Baixada Verde. Autoridades, agentes de desenvolvimento do turismo e representantes do trade local estiveram reunidos durante todo o dia, no Centro Cultural Meritiense, em São João de Meriti. O projeto elabora um plano de ações continuadas para o desenvolvimento do turismo fluminense nos próximos anos.

O subsecretário de Turismo, Nilo Sergio Felix, representou o secretário de Estado de Turismo, Gustavo Tutuca, relembrando sua passagem por órgãos institucionais ligados ao turismo e destacou a relevância da região turística Baixada Verde.

– É um prazer muito grande estar aqui para participar da Jornada do Turismo Fluminense na Baixada Verde. Durante as minhas gestões como secretário de Estado de Turismo, presidente da Embratur e, posteriormente, como presidente do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), entendi a importância de cada vez mais valorizar e promover essa região turística – disse o subsecretário da Setur-RJ.

Ainda durante sua fala, Nilo Sérgio contribuiu historicamente para a região turística ao contar sobre o surgimento da nomenclatura “Baixada Verde”.

– Assistindo a um programa sobre meio ambiente, reparei que ao longo da matéria foi citado repetidas vezes que 11,8% de todo verde da Região Metropolitana se encontrava na Baixada Fluminense. Em primeiro lugar, eu achei interessante porque o verde simboliza a qualidade, o ecoturismo, o meio ambiente. Fiz questão de ligar para prefeitos e secretários de turismo para mostrar a importância de aplicar essa identidade pelo menos ao que se refere ao turismo – explicou Nilo.

Representando a região turística Baixada Verde, o prefeito de Duque de Caxias, Wilson Miguel, fez reverência à Jornada do Turismo Fluminense, citando o projeto como uma grande cerimônia e, em seguida, falou sobre o momento do turismo na região.

– Com o grupo presente aqui, hoje, sei que temos um potencial grande. Tenho certeza que é uma nova era no turismo da Baixada Fluminense. Com pessoas que estão tão dedicadas a isso, eu tenho certeza que nós vamos crescer muito. Duque de Caxias está acordando para o turismo, nós estamos investindo. Se você quer ter turismo em sua cidade, tem que ter uma mobilidade melhor, e nós estamos investindo em infraestrutura. Temos que dar qualidade às pessoas – enfatizou Wilson Miguel.

Programação

O dia de trabalho começou com a palestra “O planejamento como vetor de integração regional para o turismo do estado do Rio de Janeiro”, com a especialista Ana Cláudia Peixoto, consultora do SEBRAE-RJ. A ministrante apresentou aspectos da Neurociência como elementos de atração e tendências para o Turismo. Depois, foi apresentado o Plano Estratégico Turismo RJ + 10 anos, a Lei Estadual de Turismo e a metodologia a ser elaborada pelos grupos de trabalho (GTs).A discussão passou por temas como integração, regionalização, captação de recursos, qualificação, infraestrutura, segurança, produtos, roteiros, experiências, além de estratégias de promoção e marketing. Ao final do dia, aconteceram as apresentações das principais ações propostas pelos grupos de trabalho e a definição dos próximos passos para a elaboração do plano regional.

– Fico muito feliz pelo entusiasmo e dedicação que vocês da região da Baixada Verde têm e entendem sobre a importância de cada vez mais divulgarmos essa marca. É necessário que cada município faça, também, esse trabalho de divulgação. Vocês juntos, em nível de região, irão somar muito mais se estiverem focados nos oito municípios da Baixada Fluminense, que tratamos há alguns anos como Baixada Verde. Precisamos estar juntos. O turismo é um dos segmentos que mais crescem no mundo, e não é diferente no Rio de Janeiro – finalizou o subsecretário de Turismo Nilo Sérgio.

Confira as próximas datas e as regiões atendidas pelo projeto

02/08 (quarta-feira) – Caminhos da Mata – Silva Jardim
17/08 (quinta-feira) – Costa Doce – Campos dos Goytacazes
22/08 (terça-feira) – Caminhos da Serra – Trajano de Morais
29/8 (terça-feira) – Águas do Noroeste – Itaperuna
12/09 (terça-feira) – Metropolitana – Niterói

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo