Notícias Turismo

Turismo deve ter avanço de 22% no volume de receitas em 2021

Segmento de turismo já alcançou 80,5% do patamar pré-pandemia

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) projeta crescimento para o segmento de turismo em 2021, que deve contar com avanço de 21,9% no volume de receitas e de 2,4% já em 2022. O setor, no entanto, ainda segue em recuperação com arrecadação de outubro 19,5% abaixo da registrada em fevereiro de 2020.

Segundo a pesquisa, no mês, a diferença entre a geração de receitas do turismo e o seu potencial indicou a menor perda mensal de receitas desde o início da pandemia (R$ 11,2 bilhões). O economista da CNC responsável pela análise, Fabio Bentes, observa que, em ambos os casos, confirmadas as perspectivas, os setores registrariam as maiores taxas anuais de crescimento desde o início da PMS.

“A expectativa para essas atividades nos próximos meses segue favorável, apesar de as restrições e o cancelamento de eventos relevantes retardarem a retomada da recuperação plena do potencial de geração de receitas. Acreditamos que essa movimentação acontecerá a partir de agosto de 2022”, estima.

A projeção da CNC ocorre depois do índice de atividades turísticas no Brasil ter crescido 1% em outubro, frente a setembro, a sexta taxa positiva consecutiva, num período em que acumula um ganho de 51,2%. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com isso, o segmento de turismo já alcançou 80,5% do patamar pré-pandemia, em relação aos resultados de fevereiro do ano passado.

 

Fonte: Mercadoeevento

Você também pode gostar:

Região dos Lagos recebe exposição de realidade aumentada ‘Olho D’Água – Artes Líquidas e Águas Visuais’

admin

Ministério do Turismo realiza visitas técnicas do projeto “Brasil, essa é a nossa praia!”

admin

Região Metropolitana e Serra Verde Imperial preservam riquezas históricas

admin

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com