Notícias

Seminário Internacional de Turismo Gastronômico será em Paraty

Paraty deve sediar o I Seminário Internacional de Turismo Gastronômico. Crédito: Divulgação MTur

 

A equipe do projeto “Prospectivas para o Turismo Gastronômico no Brasil”, parceria entre o Ministério do Turismo e o Instituto Federal de Brasília (IFB), esteve em Paraty, no Rio de Janeiro, para iniciar os preparativos para o I Seminário Internacional de Turismo Gastronômico.

O evento deve ocorrer no primeiro trimestre do próximo ano e reunirá autoridades e profissionais que atuam no setor de turismo, chefes de cozinha e personalidades da gastronomia mundial.

Durante a estadia em Paraty, a equipe  se reuniu com representantes das secretarias de turismo e cultura, Iphan, representantes da cidade criativa da gastronomia, polo gastronômico e Convention & Visitors Bureau. Segundo a diretora do Departamento de Inteligência Mercadológica e Competitiva do Ministério do Turismo, Nicole Facuri, que integrou a comitiva, o objetivo foi estreitar relações.

Além das reuniões, a comitiva visitou atrativos como o Quilombo do Campinho, a Casa de Farinha e o Centro Histórico de Paraty, acompanhados da secretária Adjunta de Turismo, Sandra Barros.

De forma a impulsionar o turismo gastronômico no país, em 2020, o Ministério do Turismo e o Instituto Federal do Brasil (IFB) firmaram um acordo para o desenvolvimento do projeto “Prospectivas para o Turismo Gastronômico no Brasil”. O Ministério do Turismo também contratou, em parceria com a Unesco, uma consultoria para apoiar a formulação de ações e estratégias voltadas ao desenvolvimento do turismo gastronômico no país.

Dados da Organização Mundial do Turismo (OMT) apontam que a gastronomia é o terceiro maior impulsionador de viagens no mundo. No Brasil, o segmento já movimenta cerca de R$ 250 bilhões anuais, segundo cálculos da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

O Brasil também possui quatro cidades reconhecidas internacionalmente pela Unesco por conta da inovação na gastronomia: Paraty/RJ, Belo Horizonte/MG, Florianópolis/SC e Belém/PA.

Fonte: Diario do Turismo / Patricia de Campos

Você também pode gostar:

Hotéis Rio e ABIH-RJ pedem reordenamento da capital ao presidente do TJRJ

admin

Requisição da abertura do museu imperial da cidade de Petrópolis

admin

Plano Municipal de Mata Atlântica será implantado em Mangaratiba

admin

Deixe um comentário