Pousada Le SiramatDivulgação

Ocupação hoteleira em Petrópolis já supera 80% após baixas temperaturas

Petrópolis – O Ministério do Turismo destacou Petrópolis como uma das cidades mais procuradas do país pelos visitantes neste inverno que chegou antecipadamente com temperaturas em queda ainda na metade de maio.
As buscas por hospedagens dispararam por Petrópolis e Teresópolis, na região serrana, e por Monte Verde (MG), Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR). O levantamento do Decolar, site especializado em viagens coloca Gramado (RS), Campos do Jordão (SP) e Foz do Iguaçu (PR) como líderes dessa procura e embasou a divulgação do Ministério do Turismo.

De acordo com o ministro do Turismo, Carlos Brito, o Brasil possui diversos atrativos turísticos para quem curte esse período do ano. “Nosso país está pronto e cheio de opções para os turistas que desejam aproveitar as temperaturas mais baixas. Não é a toa que esses destinos são reconhecidos internacionalmente. Então, a expectativa é de que estes índices cresçam à medida que o inverno se aproxima”, destacou Brito.

A ocupação hoteleira em Petrópolis já supera os 80% e cresceu quase que instantaneamente após os termômetros marcarem menos de 4°C a partir da última semana. As temperaturas sobem um pouco essa semana, mas o frio permanece e, na primeira semana de junho, elas despencam abaixo de 10°C novamente.

“A cidade tem dias lindos no outono e inverno com sol ao longo do dia e o frio sendo mais à noite. Isso propicia os passeios ao ar livre, os programas de lazer e esporte e todas as opções que a cidade oferece incluindo a gastronomia que fica em evidência com os pratos de inverno acompanhados das bebidas como vinho“, afirma o presidente do Petrópolis Convention, Fabiano Barros.

Além de atrair turistas que vêm de mais longe, Petrópolis ainda recebe público expressivo de Minas e Rio de Janeiro, visitantes que chegam de carro. “Por essa proximidade a cidade é bem requisitada e, no inverno, ainda mais charmosa, se tornando um destino muito atrativo”, considerada Fabiano Barros.

Por exemplo, na pousada Portal da Montanha, que fica entre Pedro do Rio e Posse, os termômetros marcaram 4°C à meia noite de sábado e caíram para 2° por volta das 2h da madrugada. O empresário Flávio Câmara relata que é a curtição para os visitantes. “Um vinho, uma fogueira deixam a experiência ainda mais bacana para eles”, afirma.

Petrópolis, com 118 meios de hospedagem e 6,3 mil leitos, tem opção de localização e de características de hotéis e pousadas muito diversificado. Há hotéis em áreas mais rurais e isoladas e também os que ficam nas áreas urbanas e para quem quer manter a forma existem os spas. “É uma diversidade imensa, mas com um ponto em comum: preocupação de bem receber o visitante”, destaca o presidente do PC&VB.