Notícias

ISO 21902: Primeira norma global sobre turismo acessível é lançada com apoio da OMT

turismo acessível omt

O turismo acessível é um negócio que na União Europeia representa um mercado potencial de 80 milhões de pessoas

A Organização Internacional de Padronização (ISO) lançou a primeira norma global sobre turismo acessível (ISO 21902), padrão internacional com as melhores práticas para que todas as pessoas possam desfrutar do turismo em igualdade. A Organização Mundial do Turismo (OMT), a Fundação ONCE e a Associação Espanhola de Normalização, UNE, lideraram o desenvolvimento desta norma.

O turismo acessível é um negócio que na União Europeia representa um mercado potencial de 80 milhões de pessoas. Esse número sobe para 130 milhões se os acompanhantes forem levados em consideração. Além disso, é um mercado em crescimento, dada a pirâmide populacional em muitos países europeus, o que também vale para outras regiões do mundo.

A norma também está disponível em espanhol como UNE-ISO 21902, após ser traduzida e adotada no catálogo nacional administrado pela UNE. A norma é dirigida a prestadores de serviços e operadores turísticos, bem como a administrações públicas e destinos turísticos. A UNE-ISO 21902 estabelece requisitos e recomendações para o turismo acessível. A norma tem como objetivo se tornar uma ferramenta fundamental que concretiza o direito de todas as pessoas de desfrutar do turismo.

Por exemplo, para que uma praia seja considerada acessível, ela deve ter chuveiros, banheiros e vias que possam ser utilizadas por todas as pessoas. Os percursos deve ter um terreno estável e contínuo e sólido, sinalização e fornecer detalhes sobre o itinerário antes do início do percurso. Em geral, nas comunicações escritas, os estabelecimentos turísticos devem utilizar uma linguagem simples e clara, obedecendo a uma sequência lógica, com imagens e símbolos gráficos quando for o caso, utilizando cores contrastantes e tipos de letra legíveis.

Fonte: Mercado e Eventos

Você também pode gostar:

Prefeitura do Rio mantém planos para realização de réveillon e carnaval

nathalia

Rio Macaé é foco de artigo publicado em revista internacional

admin

Na COP26, setor do turismo promete cortar emissões pela metade até 2030

admin

Deixe um comentário