ABIH-RJ – Associação de Hotéis do Rio de Janeiro
Notícias

Ecoturismo de Macaé fomenta o turismo no estado do Rio

O Ecoturismo de Macaé é bem explorado pelos amantes de aventuras ao ar livre. Isso porque o município conta com importantes mananciais hídricos e de Mata Atlântica, muitas delas protegidas por lei. A cidade é dona do Selo de Ouro do Turismo, da Embratur.
Rafting no Sana - Divulgação/Adventure Radical Sana Tour
Rafting no SanaDivulgação/Adventure Radical Sana Tour

O distrito do Sana, cercado pela Mata Atlântica e com muitas cachoeiras, foi transformado em Área de Proteção Ambiental (APA). O Sana atrai visitantes de diversos países. É o local ideal para quem gosta de trilhas, rafting, rapel, mountain bike entre outras atividades radicais. Possui uma cultura hippie, com acampamentos, shows musicais e feirinhas artesanais.

Sana – Distrito de MacaéDivulgação/João Barreto
Pico Peito do Pombo é outra opção no distrito do Sana. Do alto, pode-se ver todo o litoral de Macaé, Rio das Ostras, Barra de São João, Búzios e Cabo Frio. São três horas e meia de caminhada, a partir do Arraial do Sana.
Peito do Pombo no Sana, em Macaé/RJ - Divulgação/Secom Macaé
Peito do Pombo no Sana, em Macaé/RJDivulgação/Secom Macaé

Para os aventureiros e para aquelas pessoas que não têm medo de altura, a dica é conhecer o Pico do Frade, localizado na Serra dos Crubixais. Ele possui 1.429 metros de altura e é o ponto mais alto do município de Macaé fazendo limite entre as cidades de Trajano de Morais e Conceição de Macabu. O Pico do Frade está localizado a 13 quilômetros de Glicério.

Cachoeira do Escorrega, em Glicério - Divulgação/Adventure Radical Sana Tour
Cachoeira do Escorrega, em GlicérioDivulgação/Adventure Radical Sana Tour

Serra da Bicuda Grande e Pequena também é uma boa opção para quem gosta de aventuras. Formada por uma série de elevados cuja altura média alcança os 600 metros, ela se estende pelos distritos de Cachoeiras de Macaé, Sana e Glicério. Dentre seus atrativos, destaca-se uma formação rochosa pontiaguda dentro dos limites de Cachoeiro, chamada de Pedra da Bicuda localizada entre as Vilas Bicuda Grande e Pequena.

Boia Cross, em Glicério - Divulgação/Adventure Radical Sana Tour
Boia Cross, em GlicérioDivulgação/Adventure Radical Sana Tour

Já a Serra da Cruz separa os municípios de Macaé e Conceição de Macabu, faz parte do sistema montanhoso da Serra do Mar e está localizada a 13,4 quilômetros da Vila Paraíso, em Glicério. Ao longo de seus elevados que atingem a altura média de 500 metros, são encontradas várias nascentes e quedas d’água. Quase na divisa com Conceição de Macabu o visitante poderá observar uma rocha com 20 metros de diâmetro em formato de cruz.

Novo circuito das águas, na Serra dos Crubixais - Divulgação/Vavá Trilhas
Novo circuito das águas, na Serra dos CrubixaisDivulgação/Vavá Trilhas

Parque Municipal do Atalaia também é ponto de encontro de aventureiros que encontram no local trilhas, que podem ser encaradas por profissionais e por curiosos. Os grupos são guiados por equipes do parque, compostas por guias, agentes da Guarda Ambiental e biólogos.

Ao visitar o Parque Atalaia você conhece mais sobre essa história e sobre a exuberante Mata Atlântica, com sua riquíssima biodiversidade. Em seus 235 hectares e no entorno, já foram registradas quase 200 espécies de árvores e mais dezenas de espécies de arbustos e epífitas. Na fauna, quase 40 espécies de peixes vivem nos córregos da região, 250 espécies de aves e mais de 60 espécies de mamíferos de pequeno, médio e grande portes, inclusive espécies endêmicas e ameaçadas de extinção.

Parque Municipal do Atalaia, em Macaé/RJ - Divulgação/Secom Macaé
Parque Municipal do Atalaia, em Macaé/RJDivulgação/Secom Macaé

Já o Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba é a única área de preservação dedicada à vegetação de restinga. Um dos maiores tesouros ambientais do país. Jurubatiba é uma Unidade de Conservação Federal que tem como objetivo conservar e preservar, para fins científicos, educacionais, paisagísticos e recreativos, o patrimônio natural. Além de Macaé, o Parque abrange os municípios de Carapebus e Quissamã.

É possível ver toda essa beleza bem de pertinho, basta escolher uma das opções: caminhada pelas trilhas; passeio de caiaque e stand up paddle pelas lagoas do parque; passeio em veículo tracionado no trecho entre o centro de visitantes e o Farol de Quissamã, com possibilidade de banho na lagoa; passeio de barco pelo Canal Campos Macaé, no trecho entre as Lagoas Paulista e Carapebus, através dos prestadores de serviço cadastrados e observação de aves nas trilhas, praias, lagoas e canais.

Continua após a publicidade
Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, em Macaé/RJ - Divulgação/Rui Porto Filho
Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, em Macaé/RJDivulgação/Rui Porto Filho

Restinga de Jurubatiba é um trecho único do litoral brasileiro biograficamente diferenciado dos demais, através de processos ecológicos, de fauna e flora características. Recentemente, foram identificadas várias espécies novas de crustáceos planctônicos, como os copépodes Diaptomus azurea e Diaptomus fluminensis.

As formações vegetais de Jurubatiba não são encontradas em outros trechos do litoral fluminense, possuindo elevado número de espécies endêmicas ameaçadas de extinção. Entre as espécies da flora da restinga de Jurubatiba encontram-se muitas de valor econômico, além de um importante banco genético.

Reserva Biológica União - Divulgação
Reserva Biológica UniãoDivulgação

As terras que deram origem à Reserva Biológica União são as mesmas que perteciam o imóvel rural “Fazenda União”, cujo proprietário no século XIX era o Sr. Joaquim Luiz Pereira de Souza, pai de Washington Luis, macaense, Presidente da República Federativa do Brasil no período de 1926 a 1930.

Com território de 2.922,92 hectares, cortando os municípios de Macaé, Rio das Ostras e Casimiro de Abreu, a Reserva Biológica União tem a função de assegurar a proteção e a recuperação de remanescentes da Floresta Atlântica e de uma das maiores populações de mico-leão-dourado do estado.

Reserva Biológica União no Rio de Janeiro - Divulgação
Reserva Biológica União no Rio de JaneiroDivulgação

A Reserva também garante a proteção de outros animais ameaçados de extinção como o Papagaio Chauá, Gavião-pomba, Preguiça de coleira, Sabiá-pimenta, Gato-maracajá, Onça-parda, Inhambu anhangá, Araçari do bico branco, Pixoxó, Cigarrinha, Camabada de chaves, Porco do mato e Tiriba-grande.

Reserva Biológica União - Divulgação
Reserva Biológica UniãoDivulgaçãoFonte: O Dia

Newsletter | Receba conteúdos por e-mail com exclusividade

* indicates required

Notícias relacionadas

Teresópolis recebe Festival Quebra Nozes

admin

Bonifácio quer viabilizar nova estrada de acesso ao Peró

admin

5 dicas para oferecer um atendimento impecável na hotelaria

admin

Leave a Comment

ABIH-RJ - Associação de Hotéis do Rio de Janeiro Deseja receber notificações com as últimas notícias e atualizações?
Dismiss
Allow Notifications