Prefeito Alexandre foi o terceiro da Região dos Lagos a abolir a máscaraRonald Pantoja

PENÍNSULA SEM MÁSCARA E RESTRIÇÕES
Tudo azul em Búzios, não só no céu, pois o sol anda de rachar e o céu limpo desde antes do Carnaval. Mas o motivo é que o prefeito Alexandre Martins (REP) mandou publicar novo decreto na manhã desta quarta-feira (9), revogando as medidas preventivas da Covid-19, como a obrigatoriedade do uso de máscaras. O documento libera festas e eventos sem restrições, derruba o comprovante de vacina e coloca a cidade de volta ao padrão “pré-pandemia”. O modelo híbrido de aulas também foi revogado, com retorno 100% presencial. Búzios é a terceira cidade da Região dos Lagos a tornar facultativo o uso de máscaras de proteção contra a Covid-19. A primeira foi São Pedro da Aldeia ainda na sexta (4), logo após o governador Claudio Castro liberar municípios. Em seguida, foi Iguaba Grande na segunda-feira (7).

Prefeito Alexandre ao lado do seu vice, Miguel Pereira, vão apresentar calendário de eventos na quinta-feira (10) - Ronald Pantoja
Prefeito Alexandre ao lado do seu vice, Miguel Pereira, vão apresentar calendário de eventos na quinta-feira (10)Ronald Pantoja
O anúncio sobre o fim das restrições veio na véspera da coletiva de imprensa com prefeito Alexandre Martins e o vice-prefeito e secretário de Obras, Miguel Pereira, no Ferradura Resort, marcado para 18h. Oportunidade para anunciar todos os projetos para 2022. Na ocasião, será apresentado o calendário oficial unificado de eventos das Secretarias de Turismo, Cultura e Patrimônio Histórico e de Lazer e do Esportes. Nossas fontes adiantaram que o destaque será o mês de maio, em que acontecerão três grandes eventos na área da música, áudio visual e esporte: Festival de Jazz & Blues, Festival de Cinema e Festival de Hipismo. Na mesma coletiva também serão anunciadas as principais obras do município para 2022.
CABO FRIO DE MÁSCARA
O prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio (PDT), se pronunciou, através das redes sociais da prefeitura, no início da tarde desta quarta-feira (9), afirmando que a cidade manterá o uso obrigatório da máscara. Muitos moradores criticaram o prefeito na publicação, dizendo que a atitude tomada por ele foi um atraso. Já Bonifácio, justificou a manutenção do decreto antigo diante do índice de cobertura vacinal considerado ainda baixo. Segundo dados da própria prefeitura, mais de 57 mil pessoas ainda não tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na cidade. E mais, apenas 60% da população recebeu as duas doses da vacina. Em se tratando do reforço, o número é menor ainda: apenas 17%.

Outros municípios da Costa do Sol como Arraial do Cabo e Araruama, mantém uso de máscara. Já Saquarema, não houve mudança desde o decreto do governador, mas na capital do surfe, a máscara só é obrigatória em locais fechados desde novembro de 2021.