...
Início » Barra do Piraí (RJ) recebe Ipiabas Blues Jazz Festival nos dias 21, 22 e 23 de junho

Barra do Piraí (RJ) recebe Ipiabas Blues Jazz Festival nos dias 21, 22 e 23 de junho

by Cristiana Souza
11 minutes read

O municipío de Barra do Piraí (RJ) receberá o Ipiabas Blues Jazz Festival nos dias 21, 22 e 23 de junho. O evento será realizado na Estação Cultural de Ipiabas e contará com três dias de shows imperdíveis, com grandes nomes do cenário nacional e internacional, levando o público a uma viagem pelos universos do jazz e blues.

O evento faz parte do maior circuito musical do gênero no país, o 3º Circuito Sesc Jazz & Blues que está acontecendo desde o dia 03 de maio  e se encerra no dia 30 de junho, com a participação de outras cidades como Búzios (03 a 05 de maio), Rio das Ostras (30 de maio a 02 de junho),  Paraty (07 a 09 de junho), Miguel Pereira (14 a 16 de junho) e Barra de São João (28 a 30 de junho) .

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Mais Ipiabas (@mais_ipiabas)

Programação completa / Shows do Ipiabas Festival de Blues e Jazz 2024

A programação do festival contempla grandes nomes e talentos em ascensão, garantindo uma experiência musical completa para todos os gostos.

  • Sexta-feira (21/06)
    • 20h: Abertura
    • 21h: Josiel Konrad
    • 23h: Flávio Guimarães & Taryn Szpilman
    • 01h: James Boogaloo Bolden (EUA)
  • Sábado (22/06)
    • 20h: Abertura
    • 21h: Back2Blues
    • 23h: Samantha Smith & The Simi Brothers (EUA)
    • 01h: J.J. Thames & Igor Prado Blues Band (EUA)
  • Domingo (23/06)
    • 15h: Abertura
    • 16h: Trio Groove do Vale
    • 18h: Márvio Ciribelli Quarteto Jazz

Data do Ipiabas Blues Jazz Festival 2024

O Ipiabas Blues Jazz Festival será realizado entre os dias 21 a 23 de junho de 2024.

Valor/Preço do Ipiabas Blues Jazz Festival 2024

O Ipiabas Blues Jazz Festival terá entrada Gratuita.

Onde fica / Como chegar no Ipabas Festival de Blues e Jazz 2024

O Ipiabas Blues Jazz Festival será realizado entre os dias 21 a 23 de junho de 2024.

Realização:

O evento é realizado pela Azul Produções e Secretaria Municipal de Turismo e Cultura de Barra do Piraí, com o apoio da Sicomércio.

Sobre o Circuito Sesc de Jazz & Blues

Todos os festivais terão como finalidade formar público, alavancar o turismo, gerar renda, atrair negócios, ofertar cultura, democratizar o acesso ao bem cultural, por meio de sua total GRATUIDADE e fomentar a economia das cidades, bem como assumir a responsabilidade social de estender suas ações para além dos palcos, criando projetos culturais e sociais durante o ano. 

Destacando que todos os Festivais do Circuito Sesc 2023 estarão imbuídos de difundir e implementar as metas, de acordo, com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável promovidos pela ONU (ODS). A ideia é levar à população destas cidades lazer, cultura, música de qualidade e outras atividades culturais como oficinas, exposições para as praças, as praias, enfim, lugares públicos, fazendo com que as pessoas destas cidades conheçam ainda mais o trabalho do SESC.

Números do Circuito: Atrações, shows e Público

  • 15 Atrações internacionais;
  • 10 Atrações nacionais;
  • 21 Atrações de Novos Talentos (das cidades por onde o Circuito passar);
  • 12 workshops (02 por festival)
  • Cerca de 90 shows;
  • Público esperado de 100 mil pessoas em Rio das Ostras, 15 mil em Búzios, 15 mil em Paraty, 25 mil em Niterói, 10 mil em Casimiro de Abreu e 10 mil em Ipiabas/Barra do Piraí.

Objetivos comuns a todos os festivais

Oferecer gratuitamente música de qualidade, permitindo o acesso de todas as camadas sociais da população e contribuindo assim para formação de plateia, possibilitando a democratização do acesso ao bem cultural;

  • Incentivar o turismo e a economia das cidades, possibilitando a injeção de capital durante os dias de seu Festival, tendo como exemplo o Festival de Rio das Ostras que nas suas últimas 5 edições a média de arrecadação foi de R$ 9 milhões por edição, comprovada por pesquisas realizadas pela FGV e SEBRAE;
  • Geração de Negócios, através do aumento da movimentação de todos os serviços, como hotéis, pousadas e comércio em geral, contribuindo para o aquecimento da economia local, e com isto diminuindo os efeitos da sazonalidade;
  • Geração de emprego e renda. O aumento do fluxo de visitantes e turistas gera uma demanda por contratações de mão de obra temporária para atender hotéis, pousadas, restaurantes e comércio em geral, além de gerar oportunidades para artesãos e trabalhadores informais. Em Rio das Ostras a cada edição realizada são gerados mais de 900 empregos diretos e indiretos;
  • Desenvolvimento econômico, turístico, social e cultural. A continuidade do Festival evidenciou a importância do turismo para a cidade, sendo um caminho para a saída da crise econômica que o Estado atravessa;

Os Festivais estarão alinhados e imbuídos de difundirem e implementarem as metas de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável promovidos pela ONU (ODS).

Related Articles