ABIH-RJ – Associação de Hotéis do Rio de Janeiro
Notícias

Ações voltadas para o interesse público marcam 187 anos da maior Cidade do interior do Estado do Rio

O Museu Histórico de Campos fica na Praça São Salvador, a principal da CidadeFoto Rede social/Divulgação

Programação consta de reforço na frota de veículos da Guarda Civil, inaugurações de obras e visitação ao Museu Histórico do município.

Campos – A História registra 187 anos de elevação de Campos dos Goytacazes, na região norte do Estado do Rio de Janeiro, de Vila à Cidade, neste 28 de março. Para marcar a data, a prefeitura programou uma série de atividades, todas voltadas para o interesse público. A entrega de 10 novos veículos ao comando da Guarda Civil Municipal (GCM), pelo prefeito Wladimir Garotinho, abriu a agenda.
Somadas à frota atual, a corporação passa a contar com 26 viaturas no atendimento operacional. Da programação consta, também, inauguração das instalações e entrega da Brinquedoteca do Hospital Ferreira Machado (HFM). O objetivo é beneficiar crianças internadas na unidade, “contribuindo para o bem estar emocional e recuperação desses pacientes”.
Outro ponto ressaltado nas comemorações marca 500 mil refeições servidas no Restaurante do Povo, programa que o Governo do Estado havia encerrado e a prefeitura retomou no ano passado. Com a inauguração do Restaurante do Povo, a prefeitura contribuiu para“garantir a segurança alimentar e nutricional das pessoas em situação de vulnerabilidade social” .
No plano histórico, o Museu instalado na Praça São Salvador – a principal da Cidade – proporciona uma visita guiada, “proporcionando ao público conhecer detalhes dos fatos históricos do município e as personalidades que enriquecem a cultura e a história local”. Entrega das obras de reforma da Creche Escola Irmã Dulce, no Parque São Benedito, é outra ação do prefeito nesta segunda-feira, além de outras pautas na área da Educação.
Campos é a maior cidade do interior do Estado; tem quatro mil quilômetros quadrados, cerca de 500 mil habitantes e está distante 286 quilômetros da Capital fluminense. As principais atividades são pecuária bovina, agroindústria do açúcar e indústria extrativa de petróleo e gás natural, cuja bacia petrolífera é responsável por mais de 30% de toda produção nacional, segundo dados da Petrobras. Foi a primeira cidade da América Latina a ter luz elétrica. Pelo que produzia de cana-de-açúcar à época, Campos foi considerada “espelho do Brasil” pelo presidente da República, Getúlio Vargas, em 1938.

 

Fonte: O dia  

Newsletter | Receba conteúdos por e-mail com exclusividade

* indicates required

Notícias relacionadas

Entidades turísticas de Cabo Frio lançam campanha “Cabo Frio continua de braços abertos”.

admin

Penedo (RJ) é reconhecido como Polo Cultural, Histórico, Turístico e Gastronômico

admin

Mirante do Arpoador em Cabo Frio, RJ, começa a ser reformado

admin

Leave a Comment

ABIH-RJ - Associação de Hotéis do Rio de Janeiro Deseja receber notificações com as últimas notícias e atualizações?
Dismiss
Allow Notifications