Região do Vale do Café recebe 2ª edição de festival gastronômico

Vassouras – Igreja da Matriz – (foto: Humberto Moraes)

Expectativa de um público geral de cerca de 7 mil pessoas ao longo do 2° edição de festival gastronômico

A partir dessa semana, moradores e turistas que visitarem a região do Vale do Café, no Sul Fluminense, poderão desfrutar de uma programação especial preparada para a 2ª edição do Festival Gastronômico Delícias do Vale do Café, que acontece de 19 a 28 de maio.

Mais de 80 estabelecimentos gastronômicos participarão do festival, entre cafeterias e restaurantes, fazendas históricas e produtores do Vale do Café, além de artesãos, dos seguintes municípios: Valença, Vassouras, Barra do Piraí, Piraí, Mendes, Engenheiro Paulo de Frontin, Miguel Pereira, Paty do Alferes, Paraíba do Sul e Rio Claro, além dos distritos Ipiabas e Conservatória.

E não para por aí! Em dois fins de semana (de 19 a 21/05 e 26 a 28/05) o festival promove o Delícias na Praça, iniciativa realizada alternadamente na Praça da Matriz, em Conservatória, distrito de Valença, e na Estação Ferroviária de Vassouras.

No espaço, haverá exposição e venda de produtos dos produtores da região, artesanato e apresentações musicais, além de degustação de produtos/serviços dos patrocinadores. O Delícias na Praça também contará com uma programação de shows gratuitos.

A expectativa dos organizadores é de um público geral de cerca de 7 mil pessoas ao longo de todo o evento

O foco da programação do Festival Gastronômico Delícias do Vale do Café é valorizar a gastronomia regional, que esse ano destacará o slow food, um movimento de base, organizado em rede, representado na região pela comunidade

“Rota dos Sabores do Vale do Café”. “O Festival Gastronômico Delícias do Vale do Café apoia iniciativas e comunidades comprometidas em construir um mundo melhor, onde todos possam desfrutar de um alimento bom para quem consome, bom para quem produz e bom para o planeta. Para que isso se torne realidade, precisamos agir juntos, envolvendo agricultores, pescadores, cozinheiros, comerciantes, educadores, escritores e ativistas em defesa da diversidade cultural e biológica, educando e mobilizando pessoas e comunidades, influenciando políticas em setores públicos e privados. O evento é uma excelente vitrine para fomentar essa consciência”, ressalta Valeria Vasconcellos, coordenadora do evento.

Entre as novidades do festival estão as oficinas gratuitas destinadas aos participantes com a consultora e renomada chef de cozinha Rô Gouvêa. O público também contará com oficinas de gastronomia com chefs convidados, no Jardim Ecológico Uaná Etê.

Toda a programação do evento poderá ser consultada no site.

 

 

 

Related posts

Projeto “Cabo Frio Sempre o Melhor Destino” já começa a surtir efeito positivo para turismo da cidade:

Festival Delícias do Vale do Café acontece em junho

Guia completo do CADASTUR – O que é, benefícios, importância e como se cadastrar (Atualizado 2024)