EventosNão categorizadoTurismo

Niterói recebe em junho mundial de Bodyboard, Itacoatiara Pro, brasileiro de Downhill e estadual de Vela

 

A partir do dia 9 de junho (sexta-feira), Niterói será o epicentro dos esportes praticados ao ar livre. A cidade recebe a 11ª edição do Itacoatiara Pro, festival que começa com a etapa Grand Slam do circuito mundial de Bodyboard, seguida de uma etapa do campeonato brasileiro da modalidade, além de competições de Downhill, Vela, Surf e Bodysurf, esporte estreante nesta edição. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Niterói, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel) e terá 17 dias repletos de ação e adrenalina com as principais feras e estrelas das modalidades.

A primeira grande atração, o Itacoatiara Pro World Contest (Mundial de Bodyboard), vai reunir centenas de atletas de mais de 20 países em busca de pontuação para o ranking e mais de R$ 150 mil em premiações. A praia que batiza o festival tem fama internacional pelas ondas potentes e tubulares. É neste cenário desafiador que também acontecem as competições de Surf e Bodysurf, além da etapa do circuito brasileiro de Bodyboard, logo após o mundial.

Recentemente, Itacoatiara foi destaque na mídia e em plataformas digitais com ondas com 10 metros de face registradas em vídeos que viralizaram nas redes sociais e principais telejornais do país. Itacoatiara chegou a ser comparada com a Praia de Nazaré (Portugal) que registra as maiores ondas do planeta. De família ligada aos esportes náuticos, o prefeito Axel Grael ressalta a relevância do festival e lembra que Niterói firmou parceria com Nazaré.

“É sempre gratificante poder sediar grandes competições em nossa cidade, que já tem uma vocação para os esportes ao ar livre. Temos aqui uma natureza exuberante, relevo propício e uma boa estrutura para um evento desta magnitude. O Itacoatiara Pro ajuda a impulsionar essa tradição esportiva tão importante para nós e ainda tem um elemento muito importante de geração de emprego e renda e incentivo ao turismo. No começo deste ano, recebemos a visita do prefeito de Nazaré, com quem firmamos parcerias em várias áreas, inclusive no esporte, para aperfeiçoarmos nosso planejamento para receber essas competições”, destacou Axel Grael.

Durante o Itacoatiara Pro, haverá ainda provas inéditas dos circuitos nacional e estadual de Downhill, no Parque da Cidade; e de Vela, na Praia de Charitas. O secretário de Esportes e Lazer de Niterói, Luiz Carlos Gallo, ressalta que o cenário perfeito para esportes ao ar livre contribui para que Niterói seja um grande celeiro de atletas amadores e profissionais.

“A realização das competições de Bike Downhill e de Vela em Niterói, no âmbito do Itacoatiara Pro, fizeram tanto sucesso em 2022 que todas ganharam relevância dentro de seu nicho de campeonatos e circuitos nacionais e estaduais. O esporte só ganha com isso”, completa o secretário de Esportes.

O mundial de bodyboard trará a elite do esporte novamente para Niterói, que tem muita tradição na modalidade. Para as provas de surf, foram convidados nomes de peso como Lucas Chumbo, Pedro Calado, Gabriel Sampaio, Kalani Latanzi, entre outros renomados surfistas de ondas grandes. Giuliano Lara, idealizador do Itacoatiara Pro, diz que neste ano haverá uma inédita competição de Bodysurf (surfe de peito).

“Em seguida, teremos o campeonato brasileiro de Downhill e o campeonato estadual de Vela. Já no segundo semestre, teremos a continuidade da agenda esportiva com os circuitos de Skate, Parapente, Canoa Havaiana, além dos grandes shows e atrações culturais do Itacoatiara Pro que fazem o maior sucesso com a população”, explica Giuliano Lara.

Apresentador da série de TV Homem Peixe, Henrique Pistilli é um dos 32 atletas que já confirmaram presença na competição de Bodysurf que estreia nesta edição do festival esportivo. Morador de Fernando de Noronha, o carioca conta que conhece as ondas de Itacoatiara. “Tenho muito carinho e respeito por Itacoatiara, que frequento desde a minha adolescência. Fiquei muito feliz quando o Kalani (Latanzi) me convidou para participar da estreia da modalidade no evento. Será um momento não só de competição, mas de muita celebração”, destaca Pistilli.

Atleta profissional, big rider (surfista de ondas grandes) e local de Itacoatiara, Dudu Pedra diz que a expectativa dele e da maioria dos atletas que participam do circuito mundial de bodyboard é bem grande para esta edição do Itacoatiara Pro. “A praia acaba de receber um novo swell (ondulação) de sudeste que é uma direção muito boa para deixar a bancada de Itacoatiara preparada para os campeonatos. Todos os sinais indicam que vamos ter mais um ano de altas ondas durante o mundial e o brasileiro de bodyboard e isto está gerando uma enorme expectativa entre nós competidores e os amantes do esporte”, observa Dudu.

Praia de Itacoatiara: “Nazaré é aqui”

O destaque que Itacoatiara ganhou nos últimos anos com ondas com 10 metros de face que levaram a praia niteroiense a ser comparada a Nazaré (Portugal) pode se repetir em 2023. Giuliano Lara explica que as condições serão propícias para elevar o tamanho das ondas.

“A temporada de outono-inverno no Rio de Janeiro costuma receber as maiores ondulações do ano. Tendo em vista que pelo menos dois grandes swells (ondulações) já encostaram na costa carioca esse ano, não é difícil que outra venha a acontecer no período do evento. Ondas de 10 metros ou mais não são um fenômeno raro em Itacoatiara, que a cada ano ganha mais e mais relevância no cenário do big surf mundial, não só pelo tamanho, mas principalmente pela potência e volume de água que a onda carrega”, ressalta o idealizador do Itacoatiara Pro.

Ele explica que as grandes ondulações de sul e sudoeste que atingem a Praia de Itacoatiara nesta época do ano são canalizadas e formam uma espécie de funil entre as montanhas que cercam o local (Morros do Costão e Andorinhas). “Além de aumentar o tamanho da onda, essa formação geológica provoca uma concentração de energia e potência absurda”, completa Giuliano.

Circuito Mundial de Bodyboard (Itacoatiara Pro World Contest)

Realizado em parceria com a International Bodyboarding Corporation (IBC), o Itacoatiara Pro World Contest é uma etapa Grand Slam (5 estrelas) do circuito mundial e contará com a participação de mais de cem atletas de pelo menos 20 países.

A primeira etapa da competição, que começa no dia 9 de junho, é uma espécie de triagem que seleciona os 16 melhores atletas que irão se juntar aos 16 tops do mundo no evento principal que termina até o dia 18 de junho. Entre os top do ranking mundial que participam do evento estão Tristan Roberts (Africa do Sul), Tanner McDaniel (Hawai), Amaury Lavernhe (França), Jeff Hubbard (Hawai), Pierre Louis Costes (França), Iain Campbell (África do Sul), Dave Hubbard (Hawai) e Alan Munoz (Chile), campeão do Itacoatiara Pro 2022.

O time brasileiro na disputa pelo título mundial tem atletas renomados como Dudu Pedra, local da Praia de Itacoatiara, junto com Uri Valadão (Campeão Mundial 2008), Éder Luciano (Tri Campeão do ISA Games), Gabriel Braga (melhor brasileiro no ranking do circuito mundial 2022), além do bicampeão mundial Pro Jr, Sócrates Santana, e do carioca Sérgio Luiz, 3º colocado no Itacoatiara Pro 2022.

Campeonato Brasileiro de Bodyboard (Itacoatiara Pro Bodyboard Série Brasil)

Logo após as competições do circuito mundial na Praia de Itacoatiara, será realizada a já tradicional etapa do Campeonato Brasileiro de Bodyboard, que neste ano contará exclusivamente para as categorias Profissionais Masculino e Feminino. Em parceria com a Confederação Brasileira de Bodyboard, foram criados novos modelos de competição para as categorias principais da modalidade e isso irá oferecer mais tempo e qualidade para entregar aos atletas as melhores condições de surf neste ano.

Itacoatiara Pro Surf

O Itacoatiara Pro Surf acontece em um dia de ondas grandes e clássicas com a participação de 32 surfistas convidados, sob curadoria da Associação de Surf de Niterói (ASN). Serão convidados os maiores nomes do Surf brasileiro como Raoni Monteiro e Marcelo Trekinho (campeão e vice do Itacoatiara Pro Surf 2022), Lucas Chumbo, Pedro Calado, além dos atletas locais especialistas em ondas grandes como Kalani Latanzi, Gabriel Sampaio, Guilherme Herdy e talentos da nova geração.

Itacoatiara Pro Bodysurf

O Bodysurf é a novidade dentre as competições de alto rendimento que agora fazem parte da agenda esportiva do Itacoatiara Pro. A modalidade possui muitos praticantes locais e é gerida na cidade pela Associação de Surfe de Peito de Itacoatiara em parceria com a organização do festival. O formato é igual ao evento de surf, com um dia inteiro de competições e R$ 10.000 em prêmio.

Itacoatiara Pro Downhill

A competição de Downhill se transformará em 2023 em uma etapa do Circuito Brasileiro de Bike Downhill e contará com os melhores atletas do país voando baixo na pista conhecida como Waimea, no Parque da Cidade. Trata-se de uma das três melhores pistas do Brasil, segundo a FECIERJ, que fará a curadoria da prova junto com a Confederação Brasileira de Bike Downhill. Serão mais de 150 atletas em pelo menos cinco categorias, ou seja, a maior competição da modalidade já vista na cidade.

Itacoatiara Pro Vela

As provas de Vela com suas regatas tradicionais agora passam a valer para o ranking estadual nas modalidades Optimist, Dingue e ILCA. Todas sob chancela da FEVERJ, acontecendo sob o cenário paradisíaco da Baía de Guanabara.

SERVIÇO – ITACOATIARA PRO 2023:

Itacoatiara Pro World Contest
Data: 9 a 18 de Junho (4 dias escolhidos)*
Local: Praia de Itacoatiara
Hora: 7h às 16h

Itacoatiara Pro Surf
Data: 19 e 22 de junho (1 dia escolhido)*
Local: Praia de Itacoatiara
Hora: 7h às 16h

Itacoatiara Pro Bodysurf
Data: 19 e 22 de junho (1 dia escolhido)*
Local: Praia de Itacoatiara
Hora: 7h às 16h

Itacoatiara Pro Bodyboard Série Brasil (Circuito Brasileiro)
Data: 23 a 25 de junho
Local: Praia de Itacoatiara
Hora: 07 às 16h

Itacoatiara Pro Downhill (Circuito Brasileiro)
Data: 24 e 25 de junho
Local: Parque da Cidade
Hora: 7h às 16h

Itacoatiara Pro Vela (Circuito Estadual)
Data: 24 e 25 de junho
Local: Clube naval – Baía de Guanabara
Hora: 7h às 16h

*dias escolhidos conforme as melhores condições do mar.

Créditos: Prefeitura de Niteroi

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo