Não categorizadoTurismo

Manoel Linhares é reeleito à presidência da ABIH Nacional

 

Eleição aconteceu em assembleia da entidade que reuniu cerca de 40 hoteleiros e ABIHs de 24 estados em Cuiabá

Manoel Cardoso Linhares foi reconduzido por unanimidade, pelo quarto mandato consecutivo, ao cargo de presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH Nacional em eleição que ocorreu durante a segunda assembléia da entidade esse ano e que reuniu representantes de 24 ABIH´s estaduais durante a 30ª edição da Fit Pantanal, em Cuiabá.

Segundo Linhares, a expressiva votação que obteve à sua reeleição demonstra que o trabalho realizado à frente da entidade está gerando resultados para o setor.

“Desde que assumimos a presidência da ABIH Nacional, nosso foco sempre foi trabalhar para que possamos ter leis que acompanhem as mudanças de um mercado muito dinâmico e maiores incentivos para o desenvolvimento e a expansão dos setores de hotelaria e turismo brasileiro. A atuação da entidade nos últimos anos reflete isso”, explicou o presidente reeleito.

Para Linhares, algumas discussões são prioritárias e precisam avançar e, entre elas, destaca-se a reforma tributária e a nova Lei Geral do Turismo (LGT). “O setor de serviços responde por quase 70% do PIB e é o motor da atividade econômica dos municípios, sendo responsável pela maior parte da geração de riqueza no Brasil. Aumentar seus impostos pode gerar um efeito negativo para toda a economia do país. Precisamos, sim, diminuir tributos, desburocratizar e simplificar as regras”, afirmou.

Defender a permanência do Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse), uma vez que o setor ainda não se recuperou dos quase dois anos em que operou sem nenhum faturamento, e incentivar mais parcerias público-privadas e ações conjuntas com o Ministério do Turismo também estarão no foco do próximo mandato de Linhares como presidente da ABIH Nacional. “O setor de turismo tem características bastante particulares. Muitas vezes, para um destino turístico se consolidar depende de obras de infraestrutura. Por isso, as parcerias entre o poder público e a iniciativa privada são fundamentais. Além, é claro, de divulgação, entre outras ações conjuntas que podem alavancar o setor”, complementou.

Eleito para mais uma gestão à frente da mais antiga entidade do trade turístico brasileiro, para o biênio 2024 e 2025, Linhares explica que há muito a ser feito para melhorar os números do turismo nacional. “Trabalhamos num setor extremamente dinâmico, sujeito a mudanças tecnológicas e de mercado que exigem adaptações constantes. Por isso, a atuação junto às autoridades deve ser permanente para que possamos ter respostas imediatas às transformações que são cada vez mais rápidas”, finalizou o presidente da ABIH Nacional.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo