Concurso fotográfico da Prefeitura de Niterói que mostrar olhar da população em áreas preservadas

Para comemorar os 10 anos de criação do Parque Natural Municipal de Niterói (Parnit) em 2024, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade lançou um concurso de fotografias que vai integrar moradores e turistas às paisagens desta área de preservação. Com o tema “Parque Natural Municipal de Niterói”, o objetivo é mostrar a ótica da população sobre a unidade de conservação, incentivando a conhecer e frequentar espaços nem sempre conhecidos.

Serão aceitas imagens da fauna, flora, áreas de uso público, fotografias aéreas ou qualquer outro elemento e ou atividade em toda a extensão do parque. O objetivo deste concurso é catalogar as imagens do Parnit, que farão parte da publicação que marcará os 10 anos de criação do Parque, que tem como sede o Parque da Cidade.O Parnit tem uma extensão de 16,3 milhões de metros quadrados e abrange as seguintes áreas: Setor Montanha da Viração: Morro da Viração, Pedra do Santo Inácio, Parque da Cidade ; Setor Costeiro-Lagunar: Praia do Sossego, Ilha do Pontal, Laguna de Piratininga, Parque Orla Piratininga Alfredo Sirkis, Ilha do Modesto, Ilha do Veado e afloramento rochoso da Ponta da Galheta/Pedra da Baleia; Setor Guanabara: Ilha da Boa Viagem, Ilha dos Cardos, Pedra de Itapuca, Pedra do Índio e cavernas situadas nas encostas sob o Museu de Arte Contemporânea (MAC).“Nós queremos envolver a população. Niterói é uma cidade muito conectada e voltada para políticas públicas de sustentabilidade. Vamos utilizar esse material para lançar um livro sobre o Parnit e registrar lugares paradisíacos. Serão vários contemplados, que receberão o exemplar do livro. Não é pela premiação, é pelo significado participativo da população. Também visa estimular o olhar sensível sobre o Parnit e a geografia na qual está inserido, divulgar as belezas do parque sob a ótica dos que usufruem dos espaços. Isso também é uma forma de preservação”, explica o secretário de Meio Ambiente, Rafael Robertson.Os interessados terão até o dia 30 de setembro para mandar o material fotográfico.“O que vai valer é a criatividade. Podem ser fotos somente de paisagem ou de paisagem com pessoas. O que o olhar permitir. Acho que vai ser uma interação muito bacana com a população. Acreditamos que teremos materiais maravilhosos que ficarão para sempre registrados sob a ótica da população”, explicou Maria Carolina Campos, engenheira ambiental da SMARHS.Niterói Sustentável – Niterói conta com 56 % de áreas protegidas. Em 2014, a prefeitura criou o Programa Niterói Mais Verde. Atualmente, são 22,5 milhões de metros quadrados de áreas protegidas no município, divididas em mosaicos incluindo diversas regiões da cidade. Um deles é o Parnit, que inclui a Zona Sul, Região Oceânica e a Baía de Guanabara.O Parque Natural Municipal de Niterói (Parnit) foi selecionado para participar do Programa de Aceleração para Unidades de Conservação Municipais. A iniciativa é desenvolvida pelo ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade, organização não governamental internacional que promove o desenvolvimento sustentável, fornecendo consultoria técnica para governos locais. O Plano de gestão tem como objetivo estabelecer o zoneamento e as normas de uso e manejo da área cumprindo os critérios estabelecidos na criação de Unidades de Conservação (UC). O Parnit também vai orientar a gestão territorial, o planejamento de ações e estimular a geração de conhecimento na área protegida.

Related posts

HOTEL EM PETRÓPOLIS: 10 ótimas opções para conhecer as maravilhas da cidade imperial!

Uma andorinha não faz a primavera

A persuasão é frequentemente mais eficaz que a força