Bandeira Azul vai ser hasteada na Praia dos Ubás, em Iguaba Grande, na próxima quinta-feira (14)

O hasteamento da Bandeira Azul na Praia dos Ubás, em Iguaba Grande, acontece na próxima quinta-feira (14), às 10h, em cerimônia aberta ao público. O local é a primeira praia lagunar do Brasil a receber o selo internacional ecológico e está entre as  31 praias e 11 marinas que receberam concessão na temporada 2023/2024. Foram atendidos diversos critérios como: qualidade da água, gestão ambiental, segurança, acessibilidade e serviços oferecidos, interesse da comunidade local, turismo sustentável e educação ambiental.

O Prefeito Vantoil Martins esteve na cerimônia de entrega nacional, em outubro, das bandeiras, em Balneário Camboriú/SC. “O município reforça o compromisso nas questões ambientais e na preservação do meio ambiente para a certificação. A concessão é conquista fruto de um trabalho em conjunto de todo o governo. Sempre falamos sobre colocar Iguaba Grande em uma posição de destaque e referência. A conquista desse título ecológico altamente respeitado é o reconhecimento disso.”

O trecho que recebeu o selo Bandeira Azul em Iguaba é a Praia dos Ubás. A praia lagunar possui águas claras e cristalinas, com fundo regular sem pedras. É rica em fauna e flora. Próximo a ela fica localizada a Área de Preservação Ambiental (APA) do Morro do Governo, por onde se estende o paraíso da Ponta da Farinha.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Vinicius Lavalle, foram atendidos rigorosos padrões de qualidade e trará inúmeros benefícios para Iguaba. “A certificação não apenas afirma a qualidade da água, mas também vai promover o turismo sustentável, desenvolvimento econômico para a cidade e reafirma a nossa posição de preservação do meio ambiente.”

O local também recebeu obras de infraestrutura com estacionamento, mobilidade e acessibilidade. Com instalação de esteira de madeira, chuveirão e banheiro adaptado.

A Bandeira Azul é um reconhecimento internacional ecológico, voluntário, concedido a praias, marinas e embarcações de turismo. Para se qualificar para a Bandeira Azul, a localidade deve seguir uma série de critérios com foco em gestão ambiental, na qualidade da água, educação ambiental, segurança e serviços, no turismo sustentável e na responsabilidade social, cuja manutenção deve ser comprovada anualmente. O certificado foi criado pela FEE (Foundation for Environmental Education), uma instituição internacional com diversos integrantes representando seus respectivos países.

Créditos: Prefeitura de Iguaba Grande

Sair da versão mobile