ANTT autoriza início do free flow na rodovia Rio-Santos, a BR-101

A ANTT publicou no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, dia 23, a resolução de número 81, que autoriza o início da cobrança do free flow na Rio-Santos, a BR-101, em 31 de março. A cobrança foi autorizada após a conclusão dos trabalhos iniciais da concessionária.

Anexado no e-mail um infográfico com as principais realizações nos 270km da Rio-Santos.

Crédito da imagem: Divulgação/Comunicação da CCR RioSP.

Abraço.

ANTT autoriza início do free flow na rodovia Rio-Santos, a BR-101

Início da cobrança será em 31 de março; formas de autopagamento e valores da tarifa podem ser consultados no site da concessionária

 

A partir da zero hora do dia 31 de março, sexta-feira, passa a vigorar a tarifa do free flow na rodovia Rio-Santos, a BR-101, conforme autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A deliberação número 81 que autoriza o início da cobrança, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, dia 21/03/2023. A autorização para início da cobrança do free flow acontece após a conclusão dos trabalhos iniciais pela CCR RioSP.

A tarifa a ser praticada a partir de 31/03/2023 para os carros de passeio será de R$ 4,10, nos três pórticos instalados em Paraty (km 538), Mangaratiba (km 447) e Itaguaí (km 414). Para veículos comerciais, a tarifa é multiplicada pelo número de eixos. Nos finais de semana e feriados nacionais, conforme prevê o contrato de concessão, a tarifa terá valores diferenciados para as duas categorias, das 18h de sexta-feira às 6h de segunda-feira. Abaixo, veja como pagar a tarifa do free flow e evitar multa.

 

  • Todos os veículos com TAG tem desconto de 5% na tarifa de pedágio;
  • Os veículos leves com TAG têm desconto progressivo a partir da segunda até a trigésima passagem, desde que realizadas no mesmo local/sentido, dentro do mês vigente. Os descontos podem variar entre 5 e 70%;
  • Há duas maneiras de funcionamento: uma pela leitura de uma TAG previamente instalada no para-brisa; outra pela leitura da placa dos veículos;
  • No primeiro caso, a passagem será cobrada direto na fatura da operadora de TAG com o desconto previsto para o usuário frequente, que pode alcançar até 70%;
  • Já para o motorista que não tem TAG instalada no para-brisa, o autopagamento da tarifa poderá ser feito por WhatsApp/Chatbot, App ou portal web da concessionária, por meio de PIX ou cartão de crédito;
  • Para evitar multas, a tarifa deve ser paga em até 15 dias corridos após a passagem. O não pagamento da tarifa está sujeito a multa de trânsito no valor de R$ 195,23 e 5 pontos na carteira (Artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro), além de multa e encargos moratórios pelo atraso;

As informações sobre free flow podem ser consultadas no portal web da concessionária. O endereço é www.ccrriosp.com.br/freeflow.

Geração de emprego e renda

 

Desde março do ano passado, a CCR RioSP realizou uma série de melhorias nos 270 km da Rio-Santos (BR-101), sob a sua administração. Os trabalhos iniciais oferecem mais conforto e segurança aos clientes que estão em viagem pela rodovia. Vejam os números:

  • Recuperação de mais de 230 km de pavimento de faixas da pista;
  • Recuperação dos sistemas de drenagem da rodovia, com a limpeza de mais de 190 pontos;
  • Mais de 3 mil km² de roçada de canteiros lateral e central;
  • Mais de 22 mil metros de novas defensas metálicas;
  • Implantação de mais de 3 mil placas de sinalização;
  • Revitalização da iluminação de todos os trechos urbanos da BR-101;
  • Mais de 6 mil atendimentos médicos e mecânicos, entre agosto do ano passado, início dos serviços, e fevereiro deste ano;
  • Construção de dez bases operacionais para abrigar a estrutura de atendimento da concessionária e atendimento ao nosso cliente.

Para realizar os serviços iniciais, a concessionária priorizou a contratação da mão de obra das cidades às margens da rodovia Rio-Santos (BR-101). No período de um ano, foram gerados mais de 500 postos de trabalho. Trabalhadores terceirizados que antes estavam sem emprego e retornaram ao mercado de trabalho. Mas não foram somente os serviços iniciais os geradores de emprego na BR-101.

Com o início da prestação dos serviços médicos e mecânicos, em setembro do ano passado, foram contratados, diretamente, 67 novos colaboradores. Além das contratações de mais de 340 trabalhadores para atuar nas obras emergenciais. Esses serviços estão em andamento, desde abril do ano passado, após as fortes chuvas que atingiram à Rio-Santos.

ISS

Além da geração de emprego, os trabalhos realizados no trecho trouxeram outro investimento para as cidades lindeiras – o pagamento de mais de R$ 7,4 milhões em ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza). O valor é referente ao período entre maio do ano passado e fevereiro desse ano. O repasse de ISSQN gera um ciclo extremamente positivo, com isso, à RioSP contribui para o desenvolvimento, crescimento e investimentos nas cidades.

Sobre a CCR RioSP: A CCR RioSP é responsável pela administração das Rodovias Presidente Dutra (BR-116) e Rio-Santos (BR-101), num total de 626 km de extensão. A Via Dutra liga as duas regiões metropolitanas mais importantes do país – Rio de Janeiro e São Paulo – que responde por cerca de 50% do PIB brasileiro. Já a BR-101, entre Ubatuba (SP) e o Rio de Janeiro (RJ), passa por uma região litorânea que tem grande fluxo turístico. Saiba mais em www.ccrriosp.com.br.

 

Related posts

Projeto “Cabo Frio Sempre o Melhor Destino” já começa a surtir efeito positivo para turismo da cidade:

Festival Delícias do Vale do Café acontece em junho

Guia completo do CADASTUR – O que é, benefícios, importância e como se cadastrar (Atualizado 2024)