ABIH-RJ – Associação de Hotéis do Rio de Janeiro
CidadesCosta Verde - RJ

ITAGUAÍ (RJ): O guia completo da cidade! O que fazer, onde ir e história.

 

SOBRE A CIDADE DE ITAGUAÍ (RJ)

Itaguaí (RJ): Sua rica região costeira é formada por belas ilhas e recantos incríveis, de grande beleza natural. Além dos atrativos da costa marítima, Itaguaí possui serras com cachoeiras e trilhas onde é possível conhecer e se encantar com a variada fauna e flora da Mata Atlântica.

Portal de entrada para a Costa Verde, Itaguaí desponta atualmente como uma das mais promissoras cidades do Rio de Janeiro. Com mais de cento e dez mil habitantes, esta bela cidade está a pouco mais de uma hora do centro da capital fluminense. E claro, esconde raras belezas naturais, algumas delas pouquíssimo exploradas.

Coroa Grande é o ponto de partida para as Ilhas Tropicais, são praias muito acolhedoras que mostram todo o potencial para o Turismo de Sol e Mar. Em Coroa Grande, o Réveillon é disputadíssimo devido a sua queima de fogos.

Já a bucólica Ilha da Madeira, pescadores e outros amantes dos esportes náuticos, a visitam para desfrutar da oportunidade de se fazerem ao mar, principalmente rumo a Ilha de Itacuruçá e sua porção de Itaguaí e algumas praias como Sapinhoera, Bica, Leste, Boi e Quatiquara.

A Ilha de Itacuruçá ocupa uma parte do arquipélago da Baía de Sepetiba com águas verde-esmeralda em meio a áreas de preservação permanente. Possui hotéis, pousadas e alguns restaurantes. A Ilha é dividida entre o município de Mangaratiba e Itaguaí. Possui mais de 10 milhões de metros quadrados e 20 quilômetros de perímetro. Outra ilha bastante visitada é a Ilha dos Martins, local importante para paradas com banho de mar e visita às Praias do Funil, Leste e do Sul.

Precisamente em Coroa Grande, junto a serra de mesmo nome, estão localizadas duas belas cachoeiras, Itimirim e Itinguçú. São muito visitadas, principalmente por amantes da aventura, fazendo rapel ou simplesmente banhando-se nos vários poções. Temos ainda a cachoeira do Bicão e seus restaurantes, com acesso pela rodovia Rio-Santos.

O bairro de raiz da Serra, importante cenário agrícola, já encontrou o apogeu da sua produção com monoculturas como o quiabo, aipim, banana, goiaba e coco. O Bairro está cravado entre dois belos morros, um deles dentro do Parque Estadual Cunhambebe. Este fato é interessante, pois de lá se pode ir caminhando para Muriqui, numa belíssima caminhada ecológica, num trekking de 7 horas, chegando às cachoeiras de lá ou até mesmo, pegar outra estada para a Fazenda Rubião e ir para a Serra do Piloto em Mangaratiba.

Rica em corredeiras de vários níveis, ideal apenas para o banho, o Vale do Mazomba está se organizando para vários eventos voltados para o Turismo Rural onde todos os sabores das culinárias regionais possam ser apreciados.

De lá, é possível chegar à Rota da Independência pela linda Estrada das Palmeiras, passando por vários sítios, um deles por acaso realiza todos os anos a famosa Festa do Aipim, evento regional anual. A estrada das Palmeiras fica localizada entre o Vale do Mazomba e Raiz da Serra, sendo ideal para prática de Motocross, passeios de Jipe e caminhadas ecológicas.

Localizada no interior da cidade, o Bairro conhecido como Raiz da Serra abriga uma famosa estrada com calçamento em estilo pé-de-moleque, construída pelos padres jesuítas a mais de 300 anos. São 8 quilômetros de estrada sinuosa, subindo a Serra da Calçada, fazendo limite com o município de Piraí. Por lá passou Dom Pedro I rumo a São Paulo para o famoso Grito da Independência em agosto de 1822.

No seu retorno, deixou uma histórica e bela inscrição em letras de bronze numa rocha conhecida como Pedra de Santo Antônio.

Outro belo ponto para caminhadas ecológicas é o Mirante do Imperador, com seus 628 metros de Altitude, ideal para o rapel e uma vista de tirar o fôlego.

Nesta proximidade você também encontra um centro hípico conhecido como Clube do Cavalo que também possui um local de pouso de alguns esportistas do voo livre.

Conheça Itaguaí, fica a dica!!


FOTOS DE ITAGUAÍ (RJ):

 

VÍDEOS DE ITAGUAÍ (RJ)- Rio de Janeiro

 

O QUE FAZER E ONDE IR EM ITAGUAÍ (RJ)


Portal de entrada para a Costa Verde, Itaguaí desponta atualmente como uma das mais promissoras cidades do Rio de Janeiro. Com mais de cento e dez mil habitantes, esta bela cidade está a pouco mais de uma hora do centro da capital fluminense. E claro, esconde raras belezas naturais, algumas delas pouquíssimo exploradas.

Baseados no Programa de Regionalização do Turismo, apresentamos então, nossa cidade:

Roteiro Coroa Grande e Ilha da Madeira
 Coroa Grande, terra de Xuxa Meneguel e Ilha da Madeira, porto de partida para as Ilhas Tropicais, são praias muito acolhedoras que mostram todo o potencial para o Turismo de Sol e Mar. Em Coroa Grande, o Réveillon é disputadíssimo devido a sua queima de fogos.


Já a bucólica Ilha da Madeira, pescadores e outros amantes dos esportes náuticos, a visitam para desfrutar da oportunidade de se fazerem ao mar, principalmente rumo a Ilha de Itacuruçá e sua porção de Itaguaí e algumas praias como Sapinhoera, Bica, Leste, Boi e Quatiquara.

Roteiro Ilhas Tropicais
 A Ilha de Itacuruçá ocupa uma parte do arquipélago da Baía de Sepetiba com águas verde-esmeralda em meio a áreas de preservação permanente. Possui hotéis, pousadas e alguns restaurantes. A Ilha é dividida entre o município de Mangaratiba e Itaguaí. Possui mais de 10 milhões de metros quadrados e 20 quilômetros de perímetro. Outra ilha bastante visitada é a Ilha dos Martins, local importante para paradas com banho de mar e visita às Praias do Funil, Leste e do Sul.

Roteiro Rota das Cachoeiras
 Precisamente em Coroa Grande, junto a serra de mesmo nome, estão localizadas duas belas cachoeiras, Itimirim e Itinguçú. São muito visitadas, principalmente por amantes da aventura, fazendo rapel ou simplesmente banhando-se nos vários poções. Temos ainda a cachoeira do Bicão e seus restaurantes, com acesso pela rodovia Rio-Santos.

Roteiro Vale do Mazomba
 Importante cenário agrícola, o Bairro já encontrou o apogeu da sua produção com monoculturas como o quiabo, aipim, banana, goiaba e coco. O Bairro está cravado entre dois belos morros, um deles dentro do Parque Estadual Cunhambebe. Este fato é interessante, pois de lá se pode ir caminhando para Muriqui, numa belíssima caminhada ecológica, num trekking de 7 horas, chegando às cachoeiras de lá ou até mesmo, pegar outra estada para a Fazenda Rubião e ir para a Serra do Piloto em Mangaratiba. Rica em corredeiras de vários níveis, ideal apenas para o banho, o Vale do Mazomba está se organizando para vários eventos voltados para o Turismo Rural onde todos os sabores das culinárias regionais possam ser apreciados. De lá, é possível chegar à Rota da Independência pela linda Estrada das Palmeiras, passando por vários sítios, um deles por acaso realiza todos os anos a famosa Festa do Aipim, evento regional anual.

A estrada das Palmeiras fica localizada entre o Vale do Mazomba e Raiz da Serra, sendo ideal para prática de Motocross, passeios de Jipe e caminhadas ecológicas.

Roteiro Raiz da Serra (Rota da Independência)
 Localizada no interior da cidade, o Bairro conhecido como Raiz da Serra abriga uma famosa estrada com calçamento em estilo pé-de-moleque, construída pelos padres jesuítas a mais de 300 anos. São 8 quilômetros de estrada sinuosa, subindo a Serra da Calçada, fazendo limite com o município de Piraí. Por lá passou Dom Pedro I rumo a São Paulo para o famoso Grito da Independência em agosto de 1822. No seu retorno, deixou uma histórica e bela inscrição em letras de bronze numa rocha conhecida como Pedra de Santo Antônio. Outro belo ponto para caminhadas ecológicas é o Mirante do Imperador, com seus 628 metros de Altitude, ideal para o rapel e uma vista de tirar o fôlego. Nesta proximidade você também encontra um centro hípico conhecido como Clube do Cavalo que também possui um local de pouso de alguns esportistas do voo livre.

Os famosos Sítios de Lazer
Os sítios Jonosake, Bumerangue, Cantinho da Roça, Recanto da Serra e dos Netinhos, são alguns exemplos de lazer e entretenimento estabelecidos na cidade que de outubro a dezembro, recebem mais de 10 mil pessoas juntos diariamente. Essa força econômica proporciona trabalho e renda para a população local, reforçando assim o Turismo Rural.

Sítios de Lazer
Sítio Jonosake
Rua Norma Okasaki Inoue, 23 – Bairro Santa Cândida – CEP 23.821-590
(21) 2687-8000 / www.sitiojonosake.com.br

Sítio Bumerangue
Estrada Tocantins, 512 – Bairro Santa Cândida
(21) 2688 8712 / bumerangue@sitiobumerangue.com.br / www.sitiobumerangue.com.br

Sítio Recanto da Serra
Estr. Maria De Jesus Pavão 100 – Bairro Raiz da Serra
(21) 2688-2531 | 7845-5670 / contato@sitiorecantodaserra.com.br / sitiorecantodaserra.com.br

Pousada Cantinho da Roça
Rua Seis, 518 – Bairro Chaperó, CEP 23.812-695
(21) 7820-0071

Sítio dos Netinho
Estrada do Chaperó, nº 949 – Bairro Chaperó
(21) 3781-1706 / sitiodosnetinhos@hotmail.com.br / www.sitiodosnetinhos.com.br

Turismo de Aventura
Montanha do Oeste Turismo de Aventura
Rua São Judas Tadeu 64 centro
(21) 2688-5845 / contatos@montanhadooeste.com.br / vendas@montanhadooeste.com.br
www.montanhadooeste.com.br

Eco Jeep Ação e Aventura
Passeio de Jipe Militar 4X4
(21) 98309 2272 / 98197 5458 / 99365 8758
anderson.santoro@hotmail.com

C. Aventura e Ação (Facebook)
Ecoturismo e Treinamento
(21) 964569628 / 964637617
c.aventura.acao@gmail.com

Fonte: Prefeitura de Itaguaí (RJ)


PREVISÃO DO TEMPO PARA ITAGUAÍ (RJ)


 
Conheça também: 

 

Newsletter | Receba conteúdos por e-mail com exclusividade

* indicates required

Notícias relacionadas

QUISSAMÃ (RJ): O guia completo da cidade!

admin

VASSOURAS (RJ): O guia completo da cidade!

admin

MACAÉ (RJ): O guia completo da cidade!

admin

Leave a Comment

ABIH-RJ - Associação de Hotéis do Rio de Janeiro Deseja receber notificações com as últimas notícias e atualizações?
Dismiss
Allow Notifications